Da Vida

Estava assim
Como sempre nunca estivera antes
Lábios grossos desejos
Pernas como não nem
Sempre estivera ali
Perdida entre montes
Multidões de olhos castanhos
Nada queria
Mesas de bar e jogos
Passagens passes ao fim da sessão
Pernas como nunca jamais
Olhares atentamente desperdiçados pelo ar
Da noite nada queria
Jogos de mesas em bares
Lábios
Grossos desejos
Tomou um trago e voltou
Para a rua
E os reflexos nos olhos dos perdidos meninos mudaram por todo o resto da vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário