Automebas

De decrescentes andares
Saltam corpos nas avenidas
Pululantes amebas
No asfalto quente derretem
Esmagadas por automóveis
Que elas mesmas dirigem

Nenhum comentário:

Postar um comentário