Macumba

Sou preto latino
Gente dessa terra violada
Índio caboclo mestiço
Sou filho de tudo isso
Das veias abertas
De nuestra Latinoamérica
Da Pachamama, sou hijo-xamã
Sou ojubona de mim
Só mais um fruto
Do jardim plantado
Entre a mandinga dos pretos
E a puçanga dos índios

Nenhum comentário:

Postar um comentário